Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

31 Outubro de 2020 | 09h33 - Actualizado em 31 Outubro de 2020 | 09h33

JMPLA quer reforço do diálogo entre Executivo e sociedade civil

Malanje - O primeiro secretário provincial da MPLA em Malanje, Dilangue Baião, defendeu sexta-feira a necessidade de diálogo permanente entre o Executivo e a sociedade civil, por forma a trabalharem para a resolução dos principais problemas que afligem as populações, assim como a consolidação do Estado democrático e de direito.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Falando no final de um encontro de auscultação com líderes juvenis, à luz do programa “JMPLA ao Encontro da Juventude Angolana”, Dilangue Baião disse que esse diálogo vai permitir o reforço da participação social dos membros da sociedade civil e organizações juvenis na identificação e resolução dos problemas sociais das populações.

“É sempre bom que os líderes juvenis apresentem os problemas e possíveis soluções, de modo a procurar interceder junto dos órgãos de direito”, frisou, realçando que a JMPLA defende um diálogo franco, aberto e uma participação responsável no desenvolvimento económico e social do país.

Na ocasião, o responsável apelou ao respeito às identidades democraticamente eleitas, em prol da preservação da paz e da unidade nacional.

Por sua vez, o secretário para juventude da FNLA, Emanuel João, enalteceu a iniciativa da JMPLA, justificando que os jovens poderão criar ideias para fomentar um diálogo permanente sobre os problemas e consequentemente as medidas de resolução.

Durante o encontro, os jovens abordaram aspectos ligados à educação, habitação, formação profissional, saúde, emprego, infra-estruturas, entre outros temas.

Leia também
  • 30/10/2020 10:37:28

    Habitantes de zonas de risco ganham novos espaços para construção

    Lubango - Cento e 92 cidadãos que residem em zonas consideradas de risco e cadastradas pela administração municipal do Lubango, província da Huíla, beneficiaram, nesta sexta-feira, de terrenos loteados de 500 metros quadrados na localidade do Mamboto, para autoconstrução dirigida.

  • 29/10/2020 17:35:24

    ADRA quer jovens envolvidos no voluntariado

    Malanje- A directora da Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) Antena-Malanje, Mariana Moita, defendeu, nesta quinta-feira, o engajamento dos jovens em acções de voluntariado, elevando a sua participação no processo de desenvolvimento social.

  • 28/10/2020 18:13:50

    Covid-19: Governador aconselha maior responsabilidade individual

    Sumbe - O governador do Cuanza Sul, Job Capapinha, aconselhou hoje, no Sumbe, a população na região a uma maior responsabilidade individual, com vista a minimizar a transmissão da Covid-19.