Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

12 Julho de 2018 | 02h15 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 02h53

Transportes quer disciplinar embarque e desembarque de passageiros

Ondjiva - O processo de embarque e desembarque de passageiros nas principais vias das sedes municipais do Cuanhama, Ombadja e Namacunde, província do Cunene, serão definidos através da criação de paragens colectivas de táxi.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cunene: Director do Gabinete provincial,Tráfego e Mobilidade Urbana - António Wakanhuku José

Foto: José Cachiva

Em entrevista nesta quarta-feira à Angop, o director do gabinete provincial dos Transportes, tráfego e mobilidade urbana no Cunene, António Wakanhuco José, disse que o governo provincial começou de forma experimental nos municípios do Cuanhama e Namacunde, onde foram construídas três paragens destinadas a passageiros, em Ondjiva, sede de Namacunde e na zona fronteiriça de Santa-Clara.

Disse que a acção que está ser desenvolvida com apoio das administrações municipais e da Policia de Trânsito, cuja medida visa pôr fim a desordem registada sobretudo na sede capital e na vila fronteiriça de Santa Clara, de modo a dar mais segurança e dignidade a mobilidade da população.

 “Começamos por definir os pontos para identificar as paragens para passageiros e não só ,mas também de terminais rodoviários para permitir a descarga de mercadoria e num curto espaço de tempo a marcação de sinais vai ganhar um outro dinamismo”, sublinhou.

A construção de paragens, no entender de António Wakanhuco José, vai permitir uma interação fluida entre os passageiros, taxistas, agentes reguladores de trânsito e outros intervenientes no processo de mobilidade

O responsável admitiu a existência de debilidade em relação a colocação de sinais para estacionamento de veículos que fazem transporte de mercadorias e passageiros, realçando a necessidade de uma maior mobilização dos utentes destes serviços em primarem por actos que visam uma harmonia entre os utentes da via.

Apelou aos taxistas a efectuarem as paragens em locais já definidos por rota, onde não causem embaraços, e possam cumprir as instruções dos agentes reguladores de trânsito, bem como proceder o embarque de passageiros por ordem de chegada.

Relativamente a legalização de viaturas de táxi, disse ser insatisfatório a adesão dos utentes uma vez que durante os primeiros seis meses o órgão licenciou apenas 10 veículos ligeiros de passageiros e 48 outros pesados, bem como o licenciamento de três novas empresas do sector o que permitiu a arrecadação de dois milhões, 217 mil e 620 kwanzas.

Disse que os dados apresentados são irrisórios, tendo em conta o número de veículos que realizam o serviço de táxi, pelo que, apelou envolvimento dos outros organismos na sensibilização dos utentes sobre a importância de contribuir no pagãmente de impostos.

Leia também
  • 10/07/2018 13:22:41

    Colisão com aves imobiliza avião no Cunene

    Ondjiva - Um avião da transportadora aérea angolana TAAG encontra-se imobilizado, desde a tarde de segunda-feira, no Aeroporto 11 de Novembro, na cidade de Ondjiva, província do Cunene, depois de ter colidido com aves, quando procedia à aterragem.

  • 29/06/2018 03:01:01

    Ondjiva carece concessionárias de automóveis

    Ondjiva - Automobilistas da cidade de Ondjiva, capital da província do Cunene, debatem-se com a falta de concessionárias de venda de peças de automóveis, para reposição e manutenção dos meios.

  • 28/06/2018 14:47:09

    Icolo e Bengo conta com autocarros da TCUL

    Icolo e Bengo - Quatro autocarros, com capacidade de 29 lugares, da empresa de Transportes Colectivos e Urbanos de Luanda (TCUL) começaram, desde segunda feira, a circular para o município de Icolo e Bengo.