Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

30 Junho de 2020 | 13h17 - Actualizado em 20 Julho de 2020 | 12h32

Ambiente trabalha na instituição de pontos de conservação de Hipopótamos

Huambo - O Gabinete provincial do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários do Huambo esta a trabalhar para que ainda este ano possam ser criados pontos de preservação de Hipopótamos, ao longo da bacia do rio Keve, em prol da preservação do ecossistema.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ambiente: Hipopótamos em seu habitat

Foto: Divulgação

Esta informação foi prestada esta terça-feira à Angop pelo responsável da instituição, César Paquisse, adiantando que, nesta altura, estão em face de estudo e já identificados vários lugares para onde ocorrem estas espécies de mamíferos de grande porte.

“Já identificamos os pontos para onde se dirigem estas espécies, a dimensão da população que aparecem nestas zonas, os conflitos que geram como resultado da relação  entre homens e animais”, explicou.

Realçou que a efectivação de zonas de conservação destes ecossistemas é uma das ambição que o Gabinete do Ambiente pretende atingir até Novembro deste ano, a apesar das restrições impostas pelo Covid-19.

Deste modo, Cesar Paquisse fez saber ainda que, nesta altura da luta contra a pandemia do Covid-19, as actividades da instituição estão viradas também, essencialmente, na sensibilização da população e as instituições hospitalares sobre a gestão e preservação dos restos produzidos por estes, em por prol do bem-comum.

Quantas as unidades hospitalares, o responsável apelou à necessidade destes tratarem e depositarem adequadamente os resíduos que utilizam, evitando, assim que sejam misturados como os restos domésticos e urbanos.

“Tem sido frequente encontrar ainda algumas unidades sanitárias que não fazem a sua gestão de resíduo de forma adequada e, sobre estas, temos estado a actuar, sendo que as sanções para estas práticas são graves”, lamentou.

Disse esperar que mais do que sanções as pessoas se sintam responsáveis pelo cuidados d os restos hospitalares como mascares, seringas, entre outros resíduos destes lugares, com espírito humanitário, já que o bem-comum e o amor ao próximo devem ser sempre levado em considerado.

Deste modo, considerou importante a participação activa de todos actores sociais na gestão dos resíduos sólidos, em prol da preservação do meio ambiente.

Localizada no Planalto Central de Angola e com uma extensão territorial de 35.771 quilómetros quadros, a província do Huambo é habitada por dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, distribuídos em 11 municípios.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 01/07/2020 14:45:00

    Pressão sobre as florestas preocupa autoridades ambientais

    Huambo - A pressão que as florestas do planalto central têm sofrido, sobretudo, nesta época de cacimbo em que se efectua o abate indiscriminado de árvores para a produção de carvão, lenha e outros derivados, está a preocupar as autoridades ambientais locais, pelo seu impacto no ecossistema.

  • 14/02/2020 22:51:24

    IDF projecta plantação de um milhão de árvores em todo país

    Huambo - Um milhão de plantas diversas deverão ser plantados, este ano, em todo país, pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF), no quadro do programa nacional de repovoamento florestal e combate à desertificação.

  • 14/02/2020 22:34:38

    Recomendado reforço da capacidade de fiscalização florestal

    Huambo - O reforço da capacidade operativa da fiscalização florestal e faunística, com a aquisição de equipamentos de ponta e melhoria das infra-estruturas de apoio, figura entre as principais recomendações do I Conselho Técnico do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF).