Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

09 Outubro de 2020 | 16h24 - Actualizado em 09 Outubro de 2020 | 16h23

Ambiente reforça parceria no combate à poluição

Luanda - O Instituto Nacional de Gestão Ambiental (INGA) assinou, nesta sexta-feira, dois protocolos de cooperação com a Associação Angolana dos Químicos (AAQ) e o Centro de Estudos Ambientais e Tecnológicos (Ecosapiens), com vista ao combate à poluição das águas, dos solos e do ar.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os protocolos, assinados pelo director-geral do INGA, Nascimento da Costa Soares, e pelos presidentes da AAQ e da Ecosapiens, Tana Lukeba Canda, Erilson Barros, respectivamente, visam, igualmente, estabelecer parcerias nos domínios técnico-científicos e de gestão dos produtos químicos.

Pretende-se, para o efeito, o desenvolvimento sustentável do país, bem como a melhoria das boas práticas ambientais, tendo em atenção a qualidade da água, do solo e do ar.

Em declarações à imprensa, o director do INGA, Nascimento Soares, disse que representa o reforço da parceria estratégica, com vista a melhoria da qualidade ambiental dos seres vivos.

De acordo com o responsável, com esta parceria o Instituto Nacional de Gestão Ambiental pretende realizar várias acções com vista a reduzir a poluição atmosférica.

“Esta parceria conjunta responde aos nossos anseios, na medida em que as questões ambientais começam a ser prioridade. É responsabilidade do instituto executar as políticas ambientais a nível nacional e promover acções que visam a melhoria da qualidade das águas do mar e dos rios, do ar e dos solos”, referiu.

Para o presidente da Associação Angolana dos Químicos, Tana Lukeba Canda, a organização joga um papel importante na formação de técnicos ambientais, assim como na criação de projectos com vista a salvaguarda do meio ambiente.

“Esse protocolo é muito importante, na medida em que a química como ciência joga um papel importante na sociedade. Vamos formar técnicos para promoverem acções em prol do meio ambiente, bem como criar projectos para responder aos desafios do ministério, que passam pelo combate à poluição das águas do mar, dos rios e do ar”, salientou.

Por seu turno, Erilson Barros fez saber que o Ecosapiens vai realizar visitas a várias indústrias no sentido de aferir, com base em análises laboratoriais, se têm cumprido as recomendações das autoridades, com vista a salvaguarda do meio ambiente e da qualidade de vida da população.

“Vamos realizar visitas de constatação nas empresas e fábricas potencialmente poluidoras no sentido de verificar se existe ou não crime ambiental, com base nas amostras ou qualquer substância tóxica que possa causar danos à saúde humana”; acrescentou.

O Instituto Nacional de Gestão Ambiental (INGA), criado por Decreto Presidencial nº 11/11 de 7 de Janeiro, é um órgão sob tutela do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente responsável pela execução das políticas ambientais nacionais, no domínio da gestão e qualidade ambiental.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 01/10/2020 12:13:31

    SIC detém cidadãos por caça ilegal no Parque da Quissama

    Luanda - Três cidadãos nacionais foram detidos, na passada semana, pelo Serviço de Investigação Criminal, através da Direcção Central de Combate ao Tráfico Ilícito de Pedras, Metais Preciosos e Crimes Contra o Ambiente, no Parque Nacional da Quissama.

  • 19/09/2020 13:16:22

    Governo quer comunidades envolvidas em boas práticas ambientais

    Luanda - O director Nacional do Ambiente e Acção Climática, Giza Martins, defendeu, neste sábado, em Luanda, a necessidade de as comunidades reforçarem as boas práticas ambientais, mantendo, permanentemente, as cidades limpas.

  • 18/09/2020 12:16:45

    Campanha "Limpemos Angola" marca Dia Mundial da Limpeza

    Luanda - Uma campanha nacional de limpeza e sensibilização denominada "Limpemos Angola", no âmbito do Dia Mundial da Limpeza, 18 de Setembro, será lançada sábado no mercado do São Paulo, distrito urbano do Sambizanga, em Luanda, numa iniciativa do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente.