Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

10 Abril de 2020 | 22h22 - Actualizado em 10 Abril de 2020 | 22h22

Autoridades tradicionais de Cabinda clamam por escolas

Cabinda - As autoridades tradicionais do Alto Sunde, município de Belize, a cerca de 280 quilómetros a nordeste de Cabinda, clamam por infra-estruturas de ensino primário.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Governador Marcos Nhunga visita da ponte provisória sobre o rio Lombe-Alto Sunde-Belize

Foto: Pedro João

O soba da aldeia de Kiluamba, Abel Zau Vundo, disse, quinta-feira, que são várias as crianças da pré a 3ª classe que são obrigadas a estudar nas aldeias vizinhas da República Democrática do Congo (RDC) devido a falta de escolas na circunscrição.

A autoridade tradicional, que falava em nome da regedoria de Kungo Tadi, lamentou esse facto durante a visita do governador de Cabinda, Marcos Nhunga, que visou constatar o gru de execução das obras da ponte sobre rio Lombe, para a normalização da circulação rodoviária naquela zona.

O governador de Cabinda, Marcos Nhunga, disse  ser uma preocupação que constará no Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) como prioridade.

"Encaramos o assunto como pertinente, preocupante e prioritário. Vamos trabalhar e ainda este ano iniciarmos a construção de algumas salas de aulas para evitar com que as crianças vão estudar no país vizinho", referiu.

Alto Sunde, localizado na zona nordeste do município de Belize, na comuna de Miconje,  conta com 29 povoações com uma população estimada em 3 mil e 258 habitantes.

Faz fronteira com a RDC e tem um mercado fronteiriço na localidade de Sanga Luango. A agricultura, pesca artesanal e caça são as principais actividades da população local.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 20/02/2020 17:16:20

    Cabinda recebe mais de 40 mil manuais escolares

    Cabinda - Quarenta e seis mil e 800 manuais escolares para o ensino primário é a quantidade que a educação na província recebeu, até ao momento, para distribuir, gratuitamente, às escolas primárias.

  • 31/01/2020 15:38:22

    Agentes educativos motivados para ano lectivo 2020

    Luanda - A abertura do ano lectivo 2020 congregou, nesta sexta-feira, no país, agentes educativos motivados e com promessas de melhoria do processo de ensino e aprendizagem.

  • 24/01/2020 12:15:47

    Mais de sete mil cidadãos alfabetizados em 2019

    Cabinda - Sete mil e duzentos e vinte e dois cidadãos foram alfabetizados em Cabinda durante o ano lectivo 2019, no âmbito do programa de Alfabetização e Aceleração Escolar.