Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

14 Outubro de 2020 | 15h57 - Actualizado em 14 Outubro de 2020 | 16h12

Covid-19: Educação entrega meios de biossegurança

Menongue - O Gabinete Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Cuando Cubango procedeu, nesta quarta-feira, a entrega de meios de biossegurança às escolares do ensino primário, I e II ciclos do ensino secundário dos nove municípios, no âmbito da criação de condições para segundo turno do reinício das aulas previsto para 19 do corrente mês.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuando Cubango: Vista parcial da cidade de Menongue

Foto: Tarcísio Vilela

Trata-se de 130 termómetros, 1.800 viseiras, 550 baldes, 96 frascos de álcool gel, 180 litros de lixívia, 20 caixas de sabão, 40 embalagens de papel higiénico e 40 embalagens de guardanapos.

A chefe do Departamento dos Recursos Humanos do Gabinete Provincial da Educação, Helsínquia Solongue, informou que o material é direccionado às escolas dos municípios de Menongue, Cuchi, Cuito Cuanavale, Cuangar, Calai, Rivungo, Nankova e Dirico.

Neste ano lectivo 2020, o Cuando Cubango matriculou 170 mil alunos em vários sistemas de ensino, em 278 escolas, asseguradas por 5 mil  556 professores.

A província do Cuando Cubango, situada a sudeste de Angola, com 9 municípios e 32 comunas, tem uma população estimada em mais de 600 mil habitantes.

Faz fronteira com a Zâmbia, na faixa leste, e com a Namíbia, na faixa sul, como na faixa Oeste, com a província da Huíla, e nordeste, com o Bié, regiões que já registaram casos positivos.

A província conta com dois casos positivos conformados (importados do Bié e do Cuando Cubango), que resultaram em mortos.

Em seguimento estão  três cidadãos, cujo estado de saúde aponta para casos suspeitos de Covid-19.

Leia também