Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

01 Novembro de 2020 | 15h54 - Actualizado em 01 Novembro de 2020 | 15h54

Revisão e procedimentos contratuais atrasam execução do PIIM

Menongue - A reavaliação dos projectos e a melhoria dos procedimentos exigidos para a contratação das empresas concorrentes atrasaram o início da implementação e execução efectiva do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) na província do Cuando Cubango.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Este esclarecimento foi prestado neste sábado, pelo governador em exercício, Afonso de Antas Miguel, que respondia aos jovens representantes de partidos políticos, igrejas, empresários, representantes da sociedade civil, entre outros, numa promoção do Conselho Provincial da Juventude, no âmbito do programa “Diálogo com a Juventude”.

Esclareceu que o PIIM foi aprovado em Junho de 2019, ao passo que o novo governador provincial foi nomeado no final do mês de Julho daquele ano e os seus vice-governadores entraram em funções em Novembro do ano em referência, o que exigiu um diagnóstico profundo sobre a província e as suas prioridades, realizando périplos aos municípios e auscultando os cidadãos.

Fez saber que em Julho do presente ano, o governo concluiu o processo de revisão e preparação do programa e em função dos projectos e critérios identificados, procedeu-se a remessa do PIIM revisto aos órgãos centrais para a devida avaliação e aprovação.

Lembrou que no último Conselho Alargado do Governo Provincial, realizado no passado dia 03 de Setembro de 2020, com a participação de todos os administradores municipais e comunais, foi concluída a discussão e aprovação do PIIM final e a partir de 01 de Outubro, os municípios começaram a realizar o processo de contratação.

De acordo com o também coordenador do PIIM na província, os projectos que existiam antes, representam apenas dez por cento dos actuais, sendo que os municípios estão neste momento a fazer a contratação das empresas.

De acordo com o governante, a preocupação sobre o atraso do início dos projectos no Cuando Cubango explica-se nestes termos: “foi revisto o PIIM, estão a ser contratados os projectos e acções e até ao final do ano teremos as condições precedentes todas realizadas para que 2021 haja obras e não a preocupação com os processos de contratação ou de análise de projectos”.

A província do Cuando Cubango, situado a sudeste de Angola, com nove municípios e 32 comunas, tem uma população estimada em mais de 600 mil habitantes. Faz fronteira com a Zâmbia, na faixa leste, e com a Namíbia, na faixa sul.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 20/08/2020 17:06:18

    Secretário de Estado do Planeamento visita Nestlé

    Luanda - O secretário de Estado do Planeamento, Milton Reis, visitou hoje a fábrica Nestlé, no âmbito de um financiamento de 10, 8 mil milhões que a instituição recebeu do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI).

  • 29/07/2020 13:57:09

    Governo requalifica mercado municipal de Saurimo

    Saurimo - Vinte e cinco milhões de kwanzas é o valor que começou a ser investido este mês na requalificação do mercado municipal de Saurimo (Lunda Sul) cinco anos depois do seu encerramento, por ter sido privatizado ilegalmente.

  • 11/07/2020 08:50:17

    Governo investe Akz 160 milhões na construção de mercado em Saurimo

    Saurimo - Cento e sessenta milhões de kwanzas estão a ser investidos na construção de um mercado com capacidade para acolher mil vendedores no bairro Nhama, município de Saurimo, província da Lunda Sul, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).