Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

02 Novembro de 2020 | 13h13 - Actualizado em 02 Novembro de 2020 | 13h12

PIIM consome mais de dois milhões em seis municípios no Cuanza Sul

Sumbe - Dois mil milhões, 161 milhões, 897 mil 697 kwanzas e 15 cêntimos é o montante já consumido com a execução de cerca de 41 projectos enquadrados no Plano do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) na Quibala, Amboim, Ebo, Cela, Libolo e Mussende, província do Cuanza Sul.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo o director do gabinete provincial de infraestruturas e serviços técnicos, Heitor Alfredo, a Direcção Nacional de Contratação Pública validou 41 projectos, avaliados em sete mil milhões 455 milhões 548 mil 555 kwanzas e 58 cêntimos.

A propósito da execução dos referidos projectos, o governador do Cuanza Sul, Job Castelo Capapinha, reuniu-se, sexta-feira, com empreiteiros e fiscais.

No encontro, o governador exigiu aos empreiteiros a uniformização técnica das facturas que contêm a execução física aprovada pelos fiscais, visando o pagamento dos respectivos projectos.

Na ocasião, Job Capapinha solicitou maior celeridade no cumprimento dos contratos e sublinhou a necessidade das obras terem a qualidade desejada.

Os projectos no Cuanza Sul foram lançados em Dezembro de 2019 e para facilitar as avaliações estão divididos em grupos, sendo os municípios de Quibala, Amboim, Ebo, Cela, Libolo, Mussende pertencem ao grupo II.

Para o município da Quibala está contemplado projecto de ampliação da Administração municipal, construção de valas de drenagens de águas pluviais, reabilitação do anfiteatro da Quibala, reabilitação do sistema de água da aldeia do Mussoi e construção de sete salas de aula no bairro do Capungulo.

Constam igualmente construção de uma escola, a operacionalização dos serviços de saúde, reabilitação parcial da administração da Quibala para os quais já foram pagos 508 milhões 215 mil 103 kwanzas e 22 cêntimos.

No Amboim onde já consumiram 667 milhões, 584 mil, 230 kwanzas e 33 cêntimos, para construção de escolas nas localidades da Donga, da Famosa, da Zâmbia, um centro de saúde na comuna do Assango, abastecimento de água e reabilitação parcial do Hospital de Boa entrada (Cadá).

No Município do Ebo foram pagos aos empreiteiros 188 milhões,  776 mil, 544 Kwanzas e 94 cêntimos, para aquisição de dois grupos geradores, melhoria da infraestruturas da vila, operacionalização dos serviços básicos e de saúde, reabilitação e apetrechamento do centro de saúde do Cassanje, construção e apetrechamento de sete salas de aula no bairro dos 200 fogos e no bairro da Chôa.

Para a Cela foram, pagos 253 milhões,   376 mil,   892 Kwanzas e 28 cêntimos para instalação do sistema de energia eléctrica no jardim, reabilitação a apetrechamento do parque infantil, reabilitação dos lancis, terraplanagem aos bairros periféricos, operacionalização dos serviços básicos e de saúde, construção e apetrechamento de sete salas aula na Quissanga Kungo.
 
No Libolo estão pagos 214 milhões, 426 mil, 978 kwanzas e 30 cêntimos  para execução de 15 quilómetros na vila do Calulo, reabilitação do palácio do Libolo, reabilitação e ampliação do edifício da Administração Municipal, operacionalização dos serviços básicos e de saúde, construção e apetrechamento de uma escola com sete salas de aula na vila e outra na comuna do Quissongo.

No Mussende os empreiteiros receberam 329 milhões 517 mil,  948 Kwanzas e oito cêntimos para ampliação e apetrechamento da casa da Juventude, construção de um edifício de apoio administrativo, melhoria das infraestruturas urbanas, construção e apetrechamento de uma escola com sete salas de aula na vila e outra na comuna de São Lucas, operacionalização dos serviços básicos e de saúde.

A província do Cuanza Sul tem 12 municípios e 36 comunas com uma população estimada em um milhão 793 mil 787 habitantes distribuídos numa área de 55.660 quilómetros quadrados.

Leia também
  • 31/10/2020 09:54:42

    INAD desmina mais de 16 milhões de metros quadrados no Cuanza Sul

    Sumbe - Cerca de 16 milhões, 871 mil e 626 metros quadrados de terra foram desminadas este ano pelo Instituto Nacional de Desminagem (INAD), na província do Cuanza Sul, tendo em vista a livre circulação de pessoas e o alargamento das áreas de cultivo.

  • 28/10/2020 18:13:50

    Covid-19: Governador aconselha maior responsabilidade individual

    Sumbe - O governador do Cuanza Sul, Job Capapinha, aconselhou hoje, no Sumbe, a população na região a uma maior responsabilidade individual, com vista a minimizar a transmissão da Covid-19.

  • 27/10/2020 15:58:20

    Responsáveis reflectem sobre combate à pobreza

    Sumbe - Administradores municipais, directores de gabinete e chefes de departamento, na província do Cuanza Sul, participaram hoje, terça-feira, no Sumbe, num encontro de reflexão sobre o Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP).