Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

08 Outubro de 2020 | 18h33 - Actualizado em 08 Outubro de 2020 | 18h33

Covid-19: Polícia chama atenção para as medidas preventivas

Cabinda - O comandante da polícia nacional no município de Cacongo, em Cabinda, Simão Chicuma João, exortou os revendedores de derivados do petróleo bruto na comuna fronteiriça de Massabi, com a República do Congo, ao cumprimento rigoroso e obrigatório das medidas de biossegurança.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cabinda: Fronteira de Massabi (Arquivo)

Foto: Pedro João

Simão Chicuma fez este apelo no encontro que manteve, quarta-feira, com os revendedores de combustíveis daquela comuna, para a análise da situação sobre a comercialização de combustíveis no período da Covid-19 e suas consequências.

De acordo com a nota de imprensa do gabinete de comunicação e imprensa da Delegação Provincial do Ministério do Interior, chegado, hoje, quinta-feira, a Angop, indica que, Simão Chicuma, considerou a comuna de complexa dada sua localização na linha fronteiriça.

"É preocupante a forma incorrecta e insistente que alguns revendedores continuam a comercializar o produto, incumprindo com as medidas estabelecidas pelas autoridades contra o tráfego de combustíveis para além fronteiras", refere no informe, o comandante policial.

A nota refere ainda que no seio dos revendedores há aqueles que ainda insistem em contratar estrangeiros (congoleses) que tentam violar a linha fronteiriça, usando caminhos fiotes, para comercializarem os combustíveis  com riscos de contágios da pandemia da Covid-19.

“ Os comerciantes devem abster-se dessas práticas e obedecer as orientações das autoridades sanitárias e policiais, sobretudo, no cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança, no caso, o uso obrigatório das máscaras, lavagem das mãos nos postos de revenda de combustíveis e o distanciamento social”, assevera-se na nota.

A comuna fronteiriça de Massabi, que se situa a cerca de 90 quilómetros a norte da cidade de Cabinda, conta com onze (11) revendedores de derivados de petróleo bruto, dos quais, oito (8) revendem petróleo iluminante e três (3) possuem bombas de abastecimento dos três produtos, petróleo, gasolina e gasóleo.

Leia também
  • 09/10/2020 02:42:53

    Covid-19: Mais 30 dias sob regras sanitárias

    Luanda - Quando se pensava que na quinta-feira (dia 8 de Outubro), as autoridades colocariam fim à Situação de Calamidade Pública, que Angola vive desde o dia 26 de Maio, na sequência do Estado de Emergência, iniciado a 27 de Março, eis que os angolanos se confrontam, desde as zero horas de hoje, com novas regras sanitárias.

  • 08/10/2020 17:59:06

    Covid-19: JURA pede engajamento dos militantes

    Cuito - O secretário municipal da JURA no Cuito, no Bié, Benedito Domingos Chepundo, pediu aos militantes e simpatizantes da UNITA, nessa quinta-feira, o seu engajamento activo na luta contra a Covid-19, ressaltando o cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança, visando cortar a cadeia de transmissão da doença nas comunidades.

  • 08/10/2020 17:30:32

    SIC aborta venda de peixe deteriorado na Lunda Sul

    Saurimo - Duzentas e setenta caixas de peixe deteriorado, a ser comercializado na cidade de Saurimo, foram apreendidas, esta quinta-feira, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), na província da Lunda Sul.