Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Outubro de 2020 | 11h09 - Actualizado em 15 Outubro de 2020 | 12h52

Área de construção da linha de transporte de energia livre de minas

Dundo - O troço Dundo/Cacanda, onde será construída a linha de transporte de energia eléctrica da barragem do Luachimo até à subestação de recepção de cargas eléctricas, no traçado de seis quilómetros, está, desde quarta-feira última, livre de minas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Engenhos explosivos não detonados (Arquivo)

Foto: ANGOP

Foram removidos, num período de nove meses, 12 minas antipessoais, 147 munições de diversos calibres, três granadas F1, sete de instrução, um morteiro RPG7 e quatro lança-dilagramas, numa área de 180 mil quilómetros quadrados.

Em declarações hoje, quinta-feira, à imprensa, o comandante da 3.ª Brigada de Desminagem da Polícia de Guarda-Fronteira, Ngueve Francisco, avançou que foram igualmente removidos 15 projécteis de diversos calibres.

Informou também que está previsto, para breve, um trabalho de desminagem de 90 quilómetros no troço Dundo/Nzagi.

A barragem do Luachimo, financiada por uma linha de crédito da China de USD 212 milhões, recebe obras de ampliação desde 2016, elevando de  8,4 para 34 megawatts (MW) a capacidade energética fornecida pela infra-estrutura.

Calcula-se que, depois da conclusão das obras da Hidroeléctrica de Luachimo, 186.371 famílias da cidade do Dundo e dos municípios do Cambulo, Lucapa venham a ter acesso à energia eléctrica.

A barragem construída no ano de 1957 pela então Companhia de Diamantes de Angola (Diamang) vai ser transformada numa infra-estrutura moderna e tecnologicamente adequada aos padrões internacionais.

Leia também
  • 14/10/2020 13:08:53

    Governo garante formação dos refugiados

    Dundo - Mil e quinhentas e quarenta e duas crianças refugiadas localizadas no campo do Lóvua, província da Lunda Norte, estão inseridas no sistema normal de ensino e aprendizagem no presente ano lectivo, no âmbito do programa da integração social.

  • 14/10/2020 10:59:13

    SIC detém adolescente acusada da morte de menor de 5 anos

    Dundo - Uma adolescente de 16 anos de idade foi detida pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no município de Xá-muteba, Lunda Norte, por suposto crime de homicídio voluntário.

  • 13/10/2020 16:59:45

    Governador pede celeridade nas obras do PIIM

    Dundo - O governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, exigiu esta terça-feira dos administradores municipais mais fiscalização para que os empreiteiros tornem célere a execução das obras em curso no âmbito do Plano Integrado de Intervenção aos Municípios (PIIM).