Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

27 Outubro de 2020 | 15h21 - Actualizado em 27 Outubro de 2020 | 15h25

Sentença do ex-director da RNA no Cunene é conhecida em Novembro

Ondjiva - A leitura da sentença do ex-director da Rádio Nacional de Angola (RNA) na província do Cunene, Conceição Bartolomeu Caetano, acusado de desvio de 149 milhões de Kwanzas pertencente ao orçamento da estação emissora, está marcada para o dia três de Novembro deste ano, soube hoje, terça-feira, a ANGOP.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

CUNENE: Tribunal da Comarca do Cuanhama, julgamento do Director Provincial da Radio Cunene Conceição Bartolomeu Caetano.

Foto: JOSÉ CACHIVA

Detido em Maio de 2020, depois de uma audição à Procuradoria-Geral da República, Conceição Caetano começou a ser julgado no dia 27 de Agosto deste ano, acusado nos crimes de peculato, prevaricação e abuso de poder.

Conceição Caetano, no cargo de director da RNA no Cunene desde 2007, é acusado também de violação de normas de execução do plano orçamental, no processo-crime número 218/20-C.

De acordo com a acusação do Ministério Público, os crimes de que é acusado foram praticados de 2014 a Abril de 2020.

Em declarações à ANGOP, o juiz presidente do Tribunal Provincial do Cunene, Lourenço José, fez saber que, a par desse processo, a instituição regista igualmente 13 outros de peculato, envolvendo ex-gestores públicos.

Destes processos-crime, referiu, três estão pronunciados, um em julgamento e nove  em fase de pronúncia.

O Tribunal de Comarca do Cuanhama registou, de Janeiro a Setembro deste ano,  mil e 412 processos-crime, sendo  831 de natureza criminal, 329 de família e 231 cível.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também